Ainda não há comentários

Diego Garcia promove lançamento de livro sobre aborto na Câmara

Líder do Podemos na Câmara dos Deputados, o deputado federal Diego Garcia promoverá, no dia 07 de novembro, o lançamento do livro “Precisamos falar sobre aborto – Mitos e Verdades”. O evento contará com a presença de autores da obra e será realizado no Salão Nobre, a partir de 14h.
Dentro de um contexto de fake news a respeito do direito à vida e ao aborto, Diego Garcia afirma que o livro vem como um documento definitivo sobre a temática da defesa da vida. “Escrito por mais de 10 especialistas, a obra contempla os temas de eugenia, mito de superpopulação, números de aborto, estratégias de controle populacional, a indústria por trás do aborto, publicações demográficas do aborto, agravos à saúde física e mental, aborto e câncer de mama, entre outros”, disse.
Dra. Lenise Garcia, presidente do Movimento Brasil Sem Aborto e uma das autoras do livro, afirma que o documento trará mais motivos para que a vida seja protegida desde a concepção. “A obra traz dados científicos e argumentos jurídicos, abordando motivos a mais para promovermos a vida desde a concepção. Esperamos que (o lançamento) seja um espaço de diálogo com a presença de diferentes lideranças, mesmo com visões diversas sobre a questão do aborto”, afirmou.
Marlon Derosa, pesquisador e organizador do livro, explica que a obra responde a praticamente todos os argumentos que são apresentados para a legalização do aborto no Brasil atualmente, de forma documentada, baseando-se em dados de diferentes países e estudos científicos. “Além disso, traz sustentação bem argumentada e embasa nas refutações de alguns estudos chave que vem sendo usados pelos grupos que querem a legalização do aborto, como por exemplo, a estimativa de número de abortos clandestinos”, destacou.
Derosa também acredita que a obra pode mudar o debate sobre o aborto no Brasil. “Em diversos capítulos, o livro traz temas que raríssimas vezes são tratados no debate sobre legalização do aborto. Alguns deles, nunca foram tratados no Congresso. Talvez seja o caso do aumento no risco de partos prematuros após um aborto; outro que raras vezes é citado é o aumento no risco de câncer de mama em mulheres que fizeram abortos; abortos forçados; seleção de sexo por aborto (o verdadeiro feminicídio), entre outros”, disse.
Um dos principais temas em debate neste ano, a descriminalização do aborto pautou discussões no Congresso Nacional e no Supremo Tribunal Federal, isso devido a uma ação impetrada no STF (ADPF 442) pelo PSOL, pedindo a possibilidade do aborto até as 12 semanas de gestação. “Mesmo a maioria da população brasileira sendo contra a descriminalização do aborto, o supremo realizou audiência pública para discutir a ADPF 442, que é relatada pela ministra Rosa Weber. No entanto, o novo presidente do STF, ministro Dias Toffoli, afirmou que não pautará nada sobre o assunto enquanto o Legislativo estiver discutindo a matéria”, destacou Garcia.
Lançamento
O Livro “Precisamos falar sobre aborto: mitos e verdades” foi publicado em abril de 2018 pela editora Estudos Nacionais, em Florianópolis – SC, e aborda a temática em 18 capítulos, separados em cinco partes.
Data: 07/11/2018
Horário: 14h00
Local: Salão Nobre, anexo I da Câmara dos Deputados.

Publicar um comentário